Menu fechado
DIA DA AMAZÔNIA 2021
(5 de setembro 2021)

O Núcleo de Estudos Amazônicos, do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, da Universidade de Brasília, mais uma vez marca o dia 5 de setembro, Dia da Amazônia, com uma nota e com atividades remotas que, na conjuntura atual, ganham um caráter forte de denúncia. Nossa voz se soma à resistência e luta dos povos originários, quilombolas, seringueiros/as, ribeirinhos/as, camponeses/as, agricultores/as familiares, comunidades tradicionais da Amazônia em defesa de seus territórios de trabalho e vida e da biodiversidade. Leia a nota do NEAz em portuguê e inglês e assista a live com Júlio Barbosa, presidente do Conselho das Populações Extrativistas, moderada pela estudantes de Gestão Ambiental Danielle Nunes e pelo estudante de Arquivologia Alexsandro Bandeira

Recebemos, no dia 3 de setembro, às 11 horas, Júlio Barbosa de Aquino, atual presidente do Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS) e seringueiro da RESEX Chico Mendes, no Acre. Esteve ao lado do sindicalista Chico Mendes, até seu assassinato em 1988, nas mobilizações de combate à destruição da floresta. Júlio Barbosa falou sobre os ataques às Unidades de Conservação, especificamente às Reservas Extrativistas.

SEMANA DA AMAZÔNIA 2020

Dia 5 de setembro é o dia da Amazônia. O Núcleo de Estudos Amazônicos, do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, da Universidade de Brasília (NEAz/CEAM/UnB) organiza todos os anos atividades para assinalar essa data. Nesse ano, a pandemia nos coloca em outra realidade, mas ainda assim gostaríamos de marcar essa data com atividades remotas que adquirem, na conjuntura atual, um caráter forte de denúncia, resistência e luta em defesa da biodiversidade amazônica e de seus povos indígenas e comunidades tradicionais. Sendo assim, estamos organizando a Semana da Amazônia, de 1 a 5 de setembro, com uma série de lives no canal.